Escassez de água em Campo Grande

Postado por: HEroS

Face às notícias que têm sido divulgadas na mídia de Campo Grande, MS, sobre a escassez de água para a população, o grupo de pesquisas do Laboratório HEroS da UFMS, coordenado pelos professores doutores Teodorico Alves Sobrinho e Paulo Tarso de Oliveira Sanches, tem a informar que, através de estudos (https://doi.org/10.1016/j.scitotenv.2018.11.319), a vazão de base do córrego Guariroba aumentou nos últimos anos, graças aos trabalhos de conservação de solo realizados na bacia. A população não deve se preocupar com escassez hídrica, pois não há indicador para falta de água nesta bacia nos próximos anos. No entanto, as pessoas sempre devem estar conscientes que o consumo de água deve ser comedido e feito de forma racional e sem desperdício.

Para acessar a notícia completa clicar aqui.

 

Compartilhe:
Veja também